Resenha: História do Pensamento Ocidental, de Bertrand Russell

Filosofia e Literatura

russel

A História do pensamento ocidental de Bertrand Russell é um livro excelente, embora um tanto resumido, para que aqueles que estejam interessados em filosofia tenham um primeiro contato com essa disciplina. O livro é bastante crítico com a maioria dos filósofos. Isso é muito bom porque vai além daqueles livros de introdução à filosofia que só fazem apresentar as principais ideias dos filósofos sem nenhum tipo de advertência contra ideias contraditórias. A melhor parte do livro é sobre os filósofos gregos, porque ali Russell foi mais profundo e detalhado do que no resto do livro, o que é uma pena, pois esta obra tinha potencial para ser ainda melhor. O autor não esconde sua preferência por filósofos como Pitágoras e Platão, sendo que ele é bastante crítico da filosofia de Aristóteles, classificando sua cosmologia muito acertadamente de “lunatismo”. Passando para a Idade Média, o livro torna-se um pouco enfadonho, pois…

View original post 252 more words

Review* Memórias as de Um SGTo de Milícias

Como é bom resgatar o orgulho nacional e poder deleitar-se nas páginas desta pérola. E o melhor, está em domínio público. É interessantíssimo porque trata-se de uma boa literatura “universal”, seus personagens e a sua trama é intrincada e transcende em muito o espaço e o tempo. Podemos ver como a alma humana é mesmo perene, e em dadas circunstâncias só poderemos reagir de certa forma, isso seria o que se chama de caráter, algo já estudado a fundo muito antes de Freud e da ciência da psicologia.

É notável a influência do Realismo/Naturalismo, e a influência do meio nas pessoas. Realismo aliás que vem de fora, da França. Aliás como tudo no Brasil quando o assunto é cultura, temos que nos ‘inspirar profundamente’ em algo que vem de fora, seja no cinema, pintura ou literatura. Mas isso não tira o mérito da obra, jóia da literatura universal.

Recomendando 100%.

SENECA: Sobre a Brevidade da Vida

Ler esse livro serve para podermos ver que “algumas coisas nunca mudam” mesmo. Tem que ter muito cuidado e ter sempre em mente que foi
uma carta escrita há quase 2000 anos dentro de um contexto na vida do filósofo muito preciso. E que se não mantivermos isso presente corremos o risco de generalizações infudamentadas e justificativas errôneas para atos que nunca foram o propósito do autor. Conhecimento é poder e Sêneca vai ser sempre atual.

Review: Memórias de um Sargento de Milícias

Memórias de um Sargento de Milícias
Memórias de um Sargento de Milícias by Manuel Antônio de Almeida
My rating: 5 of 5 stars

Como é bom resgatar o orgulho nacional e poder deleitar-se nas páginas desta pérola. E o melhor, está em domínio público. É interessantíssimo porque trata-se de uma boa literatura “universal”, seus personagens e a sua trama é intrincada e transcende em muito o espaço e o tempo. Podemos ver como a alma humana é mesmo perene, e em dadas circunstâncias só poderemos reagir de certa forma, isso seria o que se chama de caráter, algo já estudado a fundo muito antes de Freud e da ciência da psicologia.

É notável a influência do Realismo/Naturalismo, e a influência do meio nas pessoas. Realismo aliás que vem de fora, da França. Aliás como tudo no Brasil quando o assunto é cultura, temos que nos ‘inspirar profundamente’ em algo que vem de fora, seja no cinema, pintura ou literatura. Mas isso não tira o mérito da obra, jóia da literatura universal.

Recomendando 100%.

View all my reviews

Review: Memórias de um Sargento de Milícias

Memórias de um Sargento de Milícias
Memórias de um Sargento de Milícias by Manuel Antônio de Almeida
My rating: 5 of 5 stars

Como é bom resgatar o orgulho nacional e poder deleitar-se nas páginas desta pérola. E o melhor, está em domínio público. É interessantíssimo porque trata-se de uma boa literatura “universal”, seus personagens e a sua trama é intrincada e transcende em muito o espaço e o tempo. Podemos ver como a alma humana é mesmo perene, e em dadas circunstâncias só poderemos reagir de certa forma, isso seria o que se chama de caráter, algo já estudado a fundo muito antes de Freud e da ciência da psicologia. Recomendando 100%.

View all my reviews

Review: Iracema

Iracema
Iracema by José de Alencar
My rating: 3 of 5 stars

Tem que ter em mente que o título completo do livro é “Iracema – Lenda do Ceará”. Porém mesmo sendo lendário, em alguns trechos a obra é maçante ao extremo, mas tem seu mérito. É bem estruturada e bem fundamentada a ponto de justificar ser cultuado pelos professores de literatura, pois foi escrito de forma muito inspirada, seja pelos mitos locais seja dentro de um contexto histórico bastante preciso que aliás o autor explica no final. Peça forças a tupã e leia até o final que vale a pena!

View all my reviews